Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Após burocracias, Santos acerta pendências financeiras com Sampaoli

Treinador teve problemas para abrir empresa no Brasil e estava sem receber os direitos de imagem de seu contrato

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de maio de 2019 | 11h19

O Santos acertou as pendências financeiras que tinha com o técnico Jorge Sampaoli. O argentino não havia recebido os valores referentes aos seus direitos de imagem desde sua contratação, no começo da temporada, segundo informou o portal Gazeta Esportiva.

Segundo a publicação, questões burocráticas impediam o pagamento. O departamento jurídico do Santos teve que auxiliar Sampaoli no processo de abertura de empresa no Brasil. O trâmite, que já é naturalmente demorado, teve outras complicações por se tratar de um estrangeiro.

Apesar da pendência, o comandante santista estava recebendo normalmente seus vencimentos acordados em carteira. Em março, Jorge Sampaoli chegou a dizer que ele e sua comissão técnica devolveriam seus salários enquanto todo o grupo tivesse sem receber. Na ocasião, o clube devia um mês de salário e dois de direito de imagem a alguns jogadores.

A questão foi revolvida justamente quando o nome do treinador começou a ser especulado pelo Flamengo. O presidente José Carlos Peres confirmou as sondagens. 

"Clubes no mundo inteiro desejam tê-lo como técnico. Fazemos o possível e o impossível para mantê-lo. Tem contrato por dois anos. Esperamos que esse contrato se cumpra. Tenho certeza que a vontade dele é continuar. Ninguém está imune a um tipo de proposta maior", disse em entrevista ao Seleção SporTV.

O Santos divide a liderança do Campeonato Brasileiro com Palmeiras e São Paulo, todos com 10 pontos somados após quatro rodadas disputadas. No sábado, o time alvinegro visita o Palmeiras, às 19h, no Pacaembu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.