Norberto Duarte / AFP
Norberto Duarte / AFP

Após cair no grupo do River, Inter exalta tradição e preparação para Libertadores

Dirigentes acreditam que time cresce quando enfrenta grandes adversários; grupo também pode ter São Paulo

Estadão Conteúdo

18 Dezembro 2018 | 12h06

O sorteio realizado na noite desta segunda-feira, em Luque, no Paraguai, definiu os grupos da Copa Libertadores de 2019 e determinou que o Internacional precisará encarar o River Plate, atual campeão, na fase de grupos. O time gaúcho caiu no Grupo A, que também conta com o Alianza Lima, do Peru, e um quarto representante a ser definido que virá do estágio preliminar da competição (São Paulo, Talleres-ARG, Palestino-CHI ou Independiente de Medellín-COL).

Presentes do sorteio realizado na sede da Conmebol, o vice-presidente de futebol do Inter, Roberto Melo, e o diretor executivo do clube, Rodrigo Caetano, comentaram a chave da equipe colorada. E ambos exaltaram a importância da preparação e a tradição do time, bicampeão do torneio continental, com os títulos de 2006 e 2010, ao projetarem a competição.

"Estamos em um grupo difícil e temos que nos preparar muito bem. Porém, o Inter costuma crescer quando enfrenta grandes adversários. Foi assim ao longo da história. O Inter, junto com o seu torcedor, é muito forte", afirmou Roberto Melo, por meio de declarações reproduzidas nesta terça-feira pelo site oficial do clube gaúcho.

"Temos cerca de 60 dias, entre a reapresentação e a estreia, para nos preparar da melhor maneira possível. Não vai ser fácil para o Inter, mas tenho certeza que não vai ser fácil para ninguém enfrentar o Inter também. Vamos fazer valer não só a nossa camisa, mas o fator casa, que sempre foi determinante", reforçou Rodrigo Caetano.

Rival do Inter na fase de grupos da Libertadores, o River Plate fará nesta terça-feira, contra o Al Ain, às 14h30 (de Brasília), nos Emirados Árabes, a primeira semifinal do Mundial de Clubes da Fifa. O time argentino se sagrou campeão da Libertadores deste ano ao superar o Boca Juniors por 3 a 1, no último dia 9, em Madri.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.