Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Após casos de covid-19, Conmebol adia e muda local de jogo do Grêmio pela Libertadores

Equipe gaúcha, que enfrenta o Independiente del Valle, jogará na sexta-feira no estádio Defensores del Chaco

Redação, Estadão Conteúdo

06 de abril de 2021 | 21h56

Menos de 24 horas do início do jogo do Grêmio contra o Independiente del Valle, a Conmebol anunciou nesta terça-feira o adiamento da partida, válida pela fase preliminar da Copa Libertadores. Os casos de covid-19 no time brasileiro foram o motivo da mudança de data e também de local do confronto.

A partida estava marcada para as 19h15 desta quarta, pelo horário de Brasília, no estádio Casa Blanca, em Quito, no Equador. Mas foi reagendada para sexta-feira, para o mesmo horário, porém em outra cidade. O jogo agora será disputado no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai.

"O motivo da suspensão é contrário ao protocolo de saúde previamente aprovado e aos regulamentos atuais da competição", disse o comunicado emitido pela Conmebol, na noite desta terça. A delegação gremista já estava em solo equatoriano quando o adiamento foi definido.

O time brasileiro chegou ao país na segunda, mas não pôde treinar nesta terça por apresentar casos de covid-19 no elenco nos últimos dias. O técnico Renato Gaúcho, o goleiro Paulo Victor e o lateral-direito Vanderson testaram positivo para covid-19 e não viajaram com a delegação.

Mesmo assim, pelos protocolos locais, o grupo gremista precisou ficar em quarentena nesta terça, sem poder treinar. Assim, a direção do clube acionou a Conmebol para pedir igualdade no tratamento com o Independiente del Valle, que treinou sem problemas. E a entidade responsável pelo futebol sul-americano acatou a demanda gremista.

Assim, o jogo de ida entre as duas equipes foi adiado para sexta-feira. O confronto, decidido em duas partidas, vale vaga na fase de grupos da Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.