Após choro e vitória do Inter, Alex desabafa: 'É muita cobrança'

Após choro e vitória do Inter, Alex desabafa: 'É muita cobrança'

Autor do primeiro gol em vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, meia chorou no banco e lembrou goleada: "Jogar futebol não é fácil"

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2014 | 09h46

Autor do primeiro gol do Inter na vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, neste domingo, no Beira-Rio, o meia Alex se emocionou após o final do confronto. Ele chegou a chorar ao exibir alívio com o resultado e também aproveitou para rebater críticas sofridas após a surpreendente goleada por 5 a 0 levada diante da Chapecoense, fora de casa, na última quinta-feira, na rodada anterior do Campeonato Brasileiro.

"Jogar futebol não é fácil não, bicho! A gente vive numa pressão e numa responsabilidade muito grande, a gente representa milhões e milhões de pessoas. E de fora muita gente pensa que é fácil, mas não é. A gente sabe que não é fácil em empresa nenhuma. Estava falando com o meu irmão, que trabalha na Basf, é mesma coisa: cobrança o tempo todo, pra todo mundo que trabalha num banco, pra vocês (jornalistas), tudo é resultado", ressaltou o meio-campista.

Em seguida, Alex lembrou que os jogadores do Inter precisaram superar rapidamente os efeitos da humilhante derrota para a Chapecoense, assim como negou boatos de que teria ocorrido uma briga dentro do vestiário colorado antes da partida contra o rival catarinense, na Arena Condá.

"Acontecer o que aconteceu na quinta-feira mostra que às vezes você tem de ser um ser humano diferente, de tem estar sempre se reinventando. Tem gente muito maldosa no futebol, que inventa história, de uma ''mau-caratice'' impressionante, de falar que tem briga, que tem coisa, querendo fazer ''fogueira'', querendo vender notícia ruim. Por isso é que vem essa descarga (com o choro), a gente carrega muita coisa assim, mas o importante é que a gente conseguiu vencer", completou Alex.

A vitória sobre o Fluminense garantiu o Inter na vice-liderança do Brasileirão, com 50 pontos, seis atrás do Cruzeiro, que viu sua vantagem na ponta diminuir ao perder para o Flamengo por 3 a 0, também no último domingo, no Maracanã.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterBrasileirãoAlex

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.