Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Recuperado, Mouche volta aos treinos com o elenco no Palmeiras

Argentino ficou cinco meses longe dos gramados

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2015 | 16h13

O elenco do Palmeiras viajou na tarde desta terça-feira para Atibaia onde ficará concentrado até sexta-feira, visando o clássico com o São Paulo, domingo, no Allianz Parque, com uma importante novidade. O atacante Pablo Mouche, após cinco meses de uma cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho direito, está de volta aos treinamentos com os demais jogadores e fica à disposição do técnico Marcelo Oliveira. 

Mouche sofreu a lesão no dia 17 de janeiro, durante o amistoso contra o Shandong Luneng, da China. A expectativa era que ele voltasse aos treinos após seis meses, ou seja, seu retorno acontece antes do previsto. "Desde o primeiro dia, me dediquei de corpo e alma para voltar o mais rápido possível. Não deixei de trabalhar um dia sequer, às vezes, até quatro vezes por dia. Esses cinco meses foram muito difíceis e amadureci demais. Queria agradecer aos profissionais e às pessoas que estiveram ao meu lado nesse momento tão difícil. Agora é olhar para frente e aprimorar o condicionamento para voltar logo e ajudar os meus companheiros. Não vejo a hora de entrar em campo com a camisa do Palmeiras novamente", disse o atacante. 

Pelo tempo que está parado, o argentino precisará ficar um certo tempo apenas treinando, para readquirir condição física, mas o mais preocupante, que era a recuperação da cirurgia, já foi finalizada. Contratado em julho de 2014, por indicação de Ricardo Gareca, ele disputou 20 jogos e fez três gols. Mesmo tendo números que não chamam tanto a atenção, chegou a ter seu nome especulado por alguns clubes, mas a diretoria palmeirense não pretende negociá-lo.

Por conta da lesão, Mouche abriu mãos das férias para se recuperar e conseguir voltar o quanto antes para os gramados. "Essa lesão prejudicou o meu trabalho porque eu tinha me preparado nas férias, mas são coisas do futebol. Já me recuperei e agora farei de tudo para me condicionar o mais rápido possível e me colocar à disposição do técnico. Me sinto mais adaptado e seguirei trabalhando no meu limite para receber oportunidades e demonstrar que posso ajudar o Palmeiras. A nossa torcida é sensacional e posso garantir que verá um Mouche muito guerreiro em campo" 

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.