André Lessa/AE
André Lessa/AE

Após cirurgia no joelho, Wellington volta ao São Paulo no clássico

Volante não jogava desde fevereiro e está relacionado por Ney Franco diante do Corinthians no Pacaembu

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2012 | 18h34

SÃO PAULO - O torcedor são-paulino pode comemorar não apenas o retorno de Douglas e Luis Fabiano ao time do São Paulo para o clássico deste domingo contra o Corinthians, mas também a volta de Wellington. O volante, que passou por cirurgia no joelho no fim de fevereiro, foi relacionado pelo técnico Ney Franco para a partida contra o rival alvinegro.

"Estou feliz demais. Graças a Deus me recuperei para o clássico, não queria perder por nada. Será um jogo importante para o clube, time e torcida. Então, fico feliz de poder ser relacionado novamente", disse Wellington, que vai começar no banco a partida de domingo, às 16h, no Pacaembu.

Apesar de afirmar que tem condições de atuar por 90 minutos, Wellington vai ver Paulo Miranda, contratado exatamente devido à deficiência de marcação no meio-campo tricolor, ser titular pela primeira vez com a camisa do São Paulo. Mas a presença do garoto de 21 anos é importante não apenas pelo seu papel dentro de campo, mas também pela personalidade fora dele.

Por isso, o elenco comemora o retorno do volante. "É muito importante o retorno dele para nós. Acima de tudo, ele é um cara espetacular, um grande irmão. Ele dá alegria ao grupo com sua vontade e prazer de jogar futebol. Dentro de campo o Wellington dispensa comentários. É um volante de pegada e que sabe sair jogando com a bola", elogiou Lucas.

"É um grande jogador, de muita qualidade. Ainda não joguei com ele, só contra ele (risos). Jogador de muita pegada , força e incomoda muito os meias de ligação. Ele tem tudo para nos ajudar muito nesta volta. O setor ficará muito forte", completou o meia Jadson.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.