Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Após classificação na Libertadores, Flamengo tenta voltar a vencer no Brasileirão

Pelo que indicou nos últimos treinos, Abel Braga deve repetir a escalação reserva que atuou contra o São Paulo

Redação, Estadão Conteúdo

12 de maio de 2019 | 09h16

Após a suada classificação ao mata-mata da Copa Libertadores que deixou o Flamengo aliviado e diminuiu um pouco a pressão sobre o elenco, o time rubro-negro volta a campo neste domingo, às 11 horas, para enfrentar a Chapecoense, no Maracanã, em duelo da quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe carioca, que estreou com vitória sobre o Cruzeiro, precisa voltar a vencer para encostar no grupo dos primeiros colocados. Nas últimas duas exibições, ambas fora de casa, foi derrotado pelo Inter por 2 a 1 e empatou com o São Paulo em 1 a 1.

Pelo que indicou nos últimos treinamentos, o técnico Abel Braga deve repetir a escalação reserva que atuou contra o São Paulo, mas com algumas mudanças pontuais. O motivo de escalar um time alternativo é a proximidade da partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil diante do Corinthians, marcada para a próxima quarta-feira, às 21h30, em São Paulo.

"É uma partida que ficou entre dois jogos na teoria importantes. Mas temos que ter cuidados. Temos que sentir as conquistas, mas acaba hoje. Em alguns momentos, perdemos um pouco a concentração com o que estava por vir, perdemos a concentração", afirmou Diego, que terá a missão de liderar o time formado por reservas. O meia perdeu a titularidade para o uruguaio Arrascaeta.

As possíveis mudanças podem incluir o volante Hugo Moura improvisado na zaga ao lado de Mateus Thuler e a escalação de Vitinho, que atuou poucos minutos contra o Peñarol, no Uruguai. Já o goleiro Diego Alves foi relacionado pelo técnico Abel Braga e deve ser o titular do Flamengo.

Recuperado de uma entorse no tornozelo esquerdo, o atacante Uribe voltou a treinar e deve ficar no banco de reservas. O zagueiro Rhodolfo, ainda com dores musculares, segue de fora. Os outros jogadores titulares serão poupados para preservar a integridade física após o jogo contra o Peñarol, realizado no meio da semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.