Após classificação, Robinho atribui goleada à humildade do Atlético-MG

Após ajudar o Atlético Mineiro a selar a classificação ao mata-mata da Copa Libertadores, Robinho atribuiu a goleada de 4 a 0 sobre o Melgar, na noite desta quinta-feira, à postura humildade dentro de campo, no Mineirão. Um dos piores times desta competição, o Melgar foi eliminado sem um ponto sequer e era o "saco de pancadas" do Grupo 5.

Estadão Conteúdo

14 de abril de 2016 | 22h49

Mesmo assim, o Atlético não aliviou. Impôs pressão desde o início e, com direito a um gol relâmpago, envolveu o rival peruano, sem dar qualquer oportunidade para "zebra". Para Robinho, foi a humildade dos atleticanos que permitiu uma vitória tão tranquila no Mineirão.

"Não existe jogo fácil. Para vocês [jornalistas], de fora, parece fácil, mas lá dentro não é fácil", disse o atacante, em entrevista ao canal SporTV. "Nosso time foi para cima e fizemos os gols. Começamos o jogo muito bem. Contra um time assim, é importante começar bem. Tivemos humildade, respeitamos o adversário, e ganhamos bem."

Com o resultado, o Atlético assegurou a primeira colocação do Grupo 5, com 13 pontos. De quebra, mantém a chance de ficar com a terceira melhor campanha desta fase de grupos, o que dá maior vantagem no mata-mata. Para tanto, torcerá contra o Corinthians e a favor do Grêmio, que enfrentará o Toluca na rodada final do Grupo 6.

O triunfo desta quinta também foi importante por causa dos recentes tropeços. A equipe mineira perdeu a primeira na Libertadores na rodada passada e sofreu um tropeço inesperado no Campeonato Mineiro, no domingo, quando caiu diante do Tricordiano por 4 a 2. Apesar de jogar com time reserva, a diretoria não escondeu o incômodo com aquele placar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGRobinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.