Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Após ser atacante e volante, lateral festeja chance no Palmeiras

Taylor pode estrear pelo Alviverde nesta quarta-feira

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

11 Agosto 2015 | 13h14

O jovem Taylor, de 20 anos, pode ser uma das novidades do Palmeiras para encarar o Coritiba, quarta-feira, às 19h30, no estádio Couto Pereira. O jogador chegou em Curitiba na manhã desta terça-feira cheio de empolgação com o fato de ter sido convocado para fazer parte do time principal pela primeira vez.

"Ser convocado pela primeira vez no profissional é um sentimento muito especial. Desde criança eu sonho com esse dia e ele chegou. É uma emoção indescritível. A semana passada, a minha primeira aqui na Academia, já havia sido inesquecível. Ver caras consagrados, como Zé Roberto e Prass, do meu lado foi demais”, disse o jogador.

O curioso é que até o começo do ano, Taylor atuava como atacante e antes de se firmar na lateral-direita, ainda atuou como volante. “Mudei de posição com a chegada da nova diretoria. O João Paulo Sampaio (coordenador geral) e o professor Marcos Valadares (técnico) me viram jogando no ataque e acharam que eu tinha potencial para ser lateral. Tenho de agradecer muito aos dois”, explicou. 

A atual temporada tem sido especial para o garoto, que deve ficar no banco de reservas nesta quarta-feira. “2015 tem sido um ano muito bom para mim. Fiquei sem jogar no ano passado, como atacante, e tive algumas lesões também. Mas esse agora tem sido o ano da virada, pois comecei a jogar no Sub-20 e estou agora indo para o meu primeiro jogo como profissional. Está sendo um ano marcante na minha vida”.

Taylor foi convocado para o jogo porque o lateral titular Lucas está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e João Pedro, que seria o substituto, se recupera de dores musculares. Assim, o técnico Marcelo Oliveira pode escalar Taylor ou fazer o mais provável, que é improvisar o zagueiro Nathan no setor. A definição da equipe acontece nesta quarta-feira, em treinamento que será realizado no CT do Caju, que pertence ao Atlético-PR, em Curitiba. O evento não poderá ser acompanhado pelos jornalistas.

Mais conteúdo sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.