Após confusão, Artur e Cléber podem desfalcar Ponte

A vitória sobre o Santos, por 3 a 1, no último domingo, pode culminar em alguns prejuízos à Ponte Preta. Isso porque o zagueiro Cléber e o lateral Artur foram denunciados pela Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) e podem pegar gancho de até três jogos. O time campineiro é líder isolado da competição, com 18 pontos.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2013 | 18h52

Assim como Neymar, os dois jogadores do time campineiro serão julgados na próxima segunda-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), em São Paulo. Ambos foram inclusos no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que pune por prática de ato desleal ou hostil. A previsão de pena é de um a três jogos.

Expulso junto com o craque santista, Artur teve sua troca de empurrões relatada pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira na súmula do jogo. Já Cléber, que sequer levou cartão amarelo, só foi denunciado por meio de prova de vídeo.

Os jogadores evitam falar sobre o assunto, mas o zagueiro Ferrón garante que, se for necessário, os substitutos têm condições de manter o nível. "Nós somos mais que um time, somos irmãos. Estão todos unidos para cobrir alguém de for preciso", afirmou.

Caso a dupla seja punida, pode desfalcar a Ponte no duelo contra o Linense, no dia 2 de março. Por ter recebido o cartão vermelho, Artur também cumprirá a suspensão automática contra o São Bernardo, domingo, em Campinas, pela nona rodada do Paulistão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaArturCléber

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.