Divulgação
Divulgação

Após brigar por vaga, Ceará desiste da Sul-Americana

Técnico quer time focado na Série B, onde time é o lanterna

Carmen Pompeu, Especial para o Estado

12 Agosto 2015 | 08h20

O Ceará desistiu de disputar a Copa Sul-Americana 2015. O anúncio foi feito na noite de terça-feira (11) pelo treinador Marcelo Cabo, que convenceu a diretoria a concentrar atenções do time para as disputas da Série B do Campeonato Brasileiro e as oitavas de final da Copa do Brasil.

"Colocamos nossa posição que a Sul-Americana não seria interessante para o Ceará para o momento de dificuldades que estamos vivendo na Série B e as disputas contra o São Paulo pelas oitavas de final da Copa do Brasil", afirmou Marcelo Cabo, após a derrota do Ceará de 2 a 0 para o América Mineiro, na Arena Castelão, pela 18ª rodada da Série B. Esta foi a 11ª derrota do Ceará no torneio, onde ocupa a lanterna, com 11 pontos. 

A decisão do Ceará de não disputar a Sul-Americana já foi comunicada a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que designou a vaga para o Bahia, como vice-campeão da Copa do Nordeste 2015. O Ceará assim desistiu da ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol que exigia a vaga na Sul-Americana.

O julgamento do mérito da ação estava marcado para a próxima sexta-feira. O Ceará já tinha conseguido uma liminar para disputar a Sul Americana no TJDF.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.