Gustavo Simão/Fortaleza
Gustavo Simão/Fortaleza

Após conquistas, Rogério Ceni recebe o título de cidadão honorário de Fortaleza

Treinador foi campeão da Série B em 2018, do Campeonato Cearense e da Copa do Nordeste em 2019

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de setembro de 2020 | 10h00

O trabalho vitorioso no Fortaleza, onde está desde 2018, com pausa de alguns meses no ano passado, quando foi para o Cruzeiro, rendeu ao técnico Rogério Ceni mais um "título" em sua carreira. Desta vez fora dos gramados, o ex-goleiro recebeu na segunda-feira o título de cidadão honorário da cidade de Fortaleza. A honraria foi publicada no Diário Oficial do Município, contudo ainda não houve cerimônia para a entrega. O evento deve ser realizado de forma virtual por causa da pandemia do novo coronavírus.

A homenagem é concedida pela Câmara Municipal de Fortaleza a pessoas relevantes à cidade. No caso de Rogério Ceni, o ex-goleiro assumiu o Fortaleza no fim de 2017 e contribuiu para conquistas inéditas na história do clube e do futebol cearense.

A proposta foi da vereadora Cláudia Gomes (PTC), aprovada no último dia 30 de junho. As contribuições de Ceni à cidade para justificar a concessão do mérito passam por diversos setores como economia, turismo, entretenimento e revelação das categorias de base.

Disputando a terceira temporada com o Fortaleza, o treinador já acumula 137 jogos, além de títulos importantes: Campeonato Brasileiro da Série B de 2018, Campeonato Cearense de 2019 e Copa do Nordeste de 2019. Rogério Ceni também classificou a equipe, pela primeira vez na história, a uma competição internacional, a Copa Sul-Americana, em 2020. Ceni teve passagem ruim pelo Cruzeiro antes de retomar sua carreira no Fortaleza. Ele faz uma campanha razoável no Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.