Glyn Kirk/AFP
Glyn Kirk/AFP

Após convocar Fagner, Tite confirma que Danilo será o titular da lateral-direita

Treinador elogia atual momento do atleta do Manchester City: 'Hoje, a vantagem é do Danilo, em função de ele estar atuando muito bem'

Almir Leite, Fábio Grellet e Marcio Dolzan / RIO, O Estado de S.Paulo

14 Maio 2018 | 14h54

Depois de anunciar a convocação de Fagner, do Corinthians, entre um dos 23 jogadores chamados para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2018, o técnico Tite adiantou nesta segunda-feira, em entrevista coletiva na sede da CBF, no Rio, que Danilo, do Manchester City, é o atual titular da lateral-direita da equipe nacional para a competição na Rússia.

+ Com Taison e Geromel, Tite Convoca lista final da Copa do Mundo da Rússia

+ Tite diz que lista dos convocados foi definida meia hora antes do anúncio

+ Raio-X -  Conheça as seleções da Copa da Rússia

+ Confira tabela da Copa do Mundo da Rússia

O titular absoluto para a posição era Daniel Alves, mas o jogador foi descartado do Mundial por causa de grave lesão no joelho, sofrida na semana passada, em jogo do Paris Saint-Germain, e o fato abriu espaço para que Fagner fosse chamado como opção para o banco de reservas da equipe nacional.

Questionado sobre o jogador que deve substituir Daniel Alves na lateral-direita, Tite afirmou que "hoje, a vantagem é do Danilo, em função de ele estar atuando muito bem". "O Fagner está neste período de recuperação, mas vai estar em condições normais na Copa", completou o comandante.

Já ao comentar o motivo de convocar o zagueiro Geromel, do Grêmio, Tite citou a "regularidade" que o atleta vem exibindo com boas atuações, mas ressaltou que algumas observações são preferências pessoais e questões subjetivas referentes ao estilo de jogo de cada jogador.

O treinador também ressaltou o fato de que Marquinhos, do PSG, outro jogador convocado como zagueiro, é um atleta que também pode atuar em outras funções. "Ele tem pré-requisitos para jogar nas três posições, de zagueiro, volante e lateral-direito. Foi zagueiro e volante comigo no Corinthians. É versátil e pode ser utilizado (como lateral), mas desde que seja necessário. Por isso, inicialmente, penso nele como zagueiro", disse Tite nesta segunda-feira.

Já ao ser questionado sobre o fato de que Marquinhos, Thiago Silva e Miranda deverão brigar por duas vagas na zaga titular do Brasil, o técnico destacou: "Todos os três são de alto nível. Vai ser uma das boas dores de cabeça que vou ter".

Outro fator que contou para esta convocação de Tite foi a facilidade de alguns jogadores chamados de se adaptarem à maneira de a equipe atuar e que podem jogar em várias posições, exercendo diferentes funções. "Essa versatilidade é sempre importante", ressaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.