Após corte de Edmílson, alegria volta ao treino da seleção

A alegria voltou ao ambiente da seleção brasileira, na manhã desta quinta-feira (horário local), em Weggis, após o corte do volante Edmílson por causa de uma lesão no joelho. No treinamento realizado no Estádio Thermoplan, era visível a descontração dos jogadores, que realizaram apenas exercícios físicos programados pelos preparadores Moraci Sant´Anna e Paulo Paixão. Ninguém conversou com a imprensa antes ou depois da movimentação.A noite de quarta foi marcada pela despedida de Edmílson, que resolveu voltar ao Brasil o mais rápido possível. "Não agüento ficar aqui. É melhor voltar para casa e ficar com a minha família nesse momento difícil", disse o volante, durante a entrevista coletiva que deu em Weggis, logo após o anúncio de seu corte. A expectativa agora gira em torno da chegada do substituto Mineiro, que jogou pelo São Paulo na noite de quarta e viaja à Suíça nesta quinta. Sua incorporação ao grupo está prevista para esta sexta.O próximo treinamento da equipe será na tarde desta quinta (horário local). O treinador Carlos Alberto Parreira ainda comandará mais treinos na sexta e no sábado, ainda em Weggis. No domingo, a seleção jogará um amistoso contra a Nova Zelândia, em Genebra, e em seguida viajará para Konigstein, na Alemanha, onde fará a última etapa de preparação para a Copa. A estréia no Mundial será contra a Croácia, no dia 13, em Berlim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.