Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians

Após criticar a diretoria, Cristian é afastado e não joga mais pelo Corinthians

Jogador tem contrato até o fim da temporada, mas diretoria estuda empréstimo ou rescisão

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

15 de março de 2017 | 16h55

O volante Cristian foi afastado dos treinamentos do Corinthians nesta quarta-feira e deverá deixar o clube em breve. Ele criticou publicamente a diretoria. O jogador tem contrato com o clube até o fim do ano, mas a direção tentar emprestá-lo e até estuda a possibilidade de uma rescisão.

O Corinthians confirmou o afastamento em nota oficial divulgada nesta quarta-feira. "Após reunião entre o diretor de futebol Flávio Adauto e o gerente de futebol Alessandro Nunes ficou definido o afastamento do atleta Cristian Baroni. Durante tal período, o volante terá todos os seus direitos respeitados e continuará tendo as mesmas condições de trabalho que o restante do elenco no Centro de Treinamento Joaquim Grava, passando a exercer suas atividades em horários a serem definidos pela comissão técnica", informa o comunicado.

Cristian voltou ao Corinthians em 2015, mas nunca conseguiu repetir as boas atuações de sua primeira passagem pelo time. Recentemente, o volante deu entrevista ao jornal Lance e criticou a diretoria pela falta de comunicação. Citou ainda dois exemplos para demonstrar a falha dos dirigentes. Em um deles, o jogador diz que teve sua aliança de casamento furtada ao deixá-la em cima de uma pia no hotel, durante a Florida Cup, no início do ano. O jogador tentou recuperar o objeto e pediu ajuda da diretoria, que, segundo ele, não prestou o apoio necessário.

Outro momento que lhe deixou incomodado foi quando o Fenerbahçe enviou representantes ao Brasil para tentar contratar Rodriguinho e, como os cartolas corintianos demoraram para dar um retorno aos turcos, coube ao jogador, que já defendeu o clube, receber seus dirigentes para passar o tempo enquanto os corintianos não apareciam para se explicar.

Além disso, Cristian estava incomodado com o fato de não ser aproveitado no time. O jogador não foi sequer inscrito na lista dos 28 atletas que disputam o Campeonato Paulista e também não foi relacionado ainda nenhuma vez nesta temporada. Além disso, o volante tem um dos salários mais altos da equipe, algo em torno de R$ 420 mil mensais. Cristian ainda não se manifestou sobre a decisão do Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.