Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Após críticas, Allione retuíta xingamentos a técnico Dorival Júnior

Jogador não gosta de declarações de ex-técnico do Palmeiras, que em programa de TV, critica argentinos indicados por Ricardo Gareca

O Estado de S. Paulo

11 de dezembro de 2014 | 09h39

O clima entre os jogadores argentinos do Palmeiras e Dorival Júnior era ruim de forma recíproca. Após críticas feitas pelo ex-treinador da equipe alviverde aos atletas, o meia Agustín Allione usou o seu Twitter para reproduzir mensagens ofensivas ao comandante espalhadas na rede. Dorival foi demitido do Palmeiras na última segunda-feira.

"Muito pouco caráter e personalidade demonstrou ter Dorival Júnior ao criticar os jogadores argentinos em um microfone", dizia uma das mensagens. Na última quarta-feira, em entrevista à ESPN, o treinador havia criticado a atitude de Allione em campo nos jogos contra Goiás e Internacional. "O Allione, em todos os momentos em que jogou, foi expulso. Ele também sofreu uma lesão e, quando retornou, ainda estava inseguro."

No entanto, as principais rusgas de Dorival foram com Pablo Mouche e Fernando Tobio. O atacante disse que sairia do Palmeiras caso o treinador ficasse. Dorival se defendeu ao criticar a forma física do jogador. "O Mouche demorou muito tempo para entrar em forma, acho que ele se esqueceu disso. Demorou 45 ou 50 dias para começar a produzir melhor".

O zagueiro havia publicado em seu Twitter que não enfrentou o Atlético-PR por opção do comandante, e não por um problema físico, como o Palmeiras divulgou. Dorival disse que Tobio foi desrespeitoso em seu comentário. "Ele chegou ao doutor e pediu para não ser relacionado. Esse lado as pessoas não conhecem. Estou dando a versão correta. O senhor Tobio precisa ser responsável. O Tobio não poderia ter feito isso. Existe uma hierarquia e ela precisa ser respeitada", disse o treinador, que poupou Jonathan Cristaldo, outro argentino indicado por Ricardo Gareca, das críticas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolpalmeirasallionedorival junior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.