Divulgação
Divulgação

Após críticas, São Paulo dá início à reforma no gramado do Morumbi

Clube adiava o trabalho porque imaginava que o estádio pudesse ficar interditado para as aguardadas obras da nova cobertura

Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2014 | 19h38

O São Paulo está fazendo uma profunda reforma no gramado do Morumbi, depois de o estádio receber 32 jogos nesta temporada. O campo tricolor recebeu duras críticas de jogadores durante o ano, especialmente de Alexandre Pato e Rogério Ceni. O atacante chegou a cobrar "o cara que cuida da grama no Morumbi" depois de perder um gol diante do Sport porque a bola quicou na sua frente.

O clube adiava a reforma do gramado porque imaginava que o estádio pudesse ficar interditado para as aguardadas obras de cobertura do Morumbi. O plano nunca saiu do papel e a diretoria entendeu que era melhor fazer a reforma agora e deixar o gramado em boas condições para um time técnico, de bom toque de bola, como foi a equipe que Muricy Ramalho montou no segundo semestre.

No ano que vem o São Paulo vai disputar Paulistão, Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil, com pelo menos 31 jogos programados para acontecer no Morumbi. Na última temporada, a equipe teve aproveitamento de 72,92% dos pontos disputados no estádio e chegou a mandar partidas no Pacaembu e na Arena Barueri por conta de shows.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.