Após críticas, Valcke agora celebra o sucesso da Copa

O Brasil está "superando com sucesso seus desafios". Quem garante isso é o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que por tantos meses criticou a organização e deixou claro que a Copa do Mundo poderia registrar problemas importantes. Agora, aliviado, ele comemora.

JAMIL CHADE, Agência Estado

25 de junho de 2014 | 09h55

Em declarações à imprensa francesa, Valcke não esconde sua satisfação com a Copa e chega a dizer que as pessoas, quando o encontram, o "agradecem" pelo Mundial. Valcke também insiste que a qualidade em campo é superior ao que vinha sendo visto em copas anteriores. "O nível chegou a seu auge", declarou. "O futebol é bem melhor que na África do Sul em 2010", indicou.

Ele também fez questão de comemorar o clima de festa nas cidades brasileiras e a presença de estrangeiros. "Tínhamos milhares de chilenos em São Paulo e teremos mais de 100 mil argentinos em Porto Alegre. No Rio, as pessoas estão felizes e a Fan Fest é um sucesso. É formidável o que está ocorrendo", disse. "As pessoas que eu encontro me dizem ''obrigado'' e todos os estrangeiros me dizem: ''Que bom que eu vim''", completou.

Suas declarações contrastam com os bastidores da Fifa. A entidade deixou claro no início da Copa do Mundo que o Brasil não tinha se preparado como ela havia pedido e que, para próximas edições, vai exigir dos países sede um compromisso maior.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolJérôme Valcke

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.