Damir Sagolj / Reuters
Damir Sagolj / Reuters

Após dar adeus à Copa, Arábia Saudita anuncia renovação com técnico Antonio Pizzi

Treinador argentino está assegurado no cargo até a Copa da Ásia de 2019

Estadão Conteúdo

26 Junho 2018 | 12h18

A Federação Saudita de Futebol anunciou nesta terça-feira a renovação de contrato do técnico Juan Antonio Pizzi. A informação foi divulgada pelas redes sociais e informou que o treinador seguirá à frente da seleção do país até o fim da Copa da Ásia, em fevereiro de 2019.

+ Pizzi vê justiça em vitória da Arábia Saudita sobre o Egito

+ Atacante festeja 'vitória honrosa' após fazer gol histórico para a Arábia Saudita

A confirmação do acordo veio no dia seguinte à vitória da Arábia Saudita por 2 a 1 sobre o Egito no duelo que marcou a despedida das duas seleções da Copa do Mundo da Rússia. As equipes estavam no Grupo A que tiveram como classificados o Uruguai e a Rússia.

Pizzi é argentino naturalizado espanhol e assumiu a seleção em novembro do ano passado para substituir Edgardo Bauza, que ocupou o cargo por apenas três meses. Antes dele, quem esteve no comando foi o holandês Bert van Marijk, principal responsável por levar a Arábia Saudita à Copa.

 

O atual treinador teve a renovação ameaçada depois da goleada sofrida na estreia da Copa por 5 a 0 para a Rússia. No entanto, a equipe se recuperou no Mundial e fez outros dois bons jogos. Perdeu para o Uruguai por 1 a 0 e derrotou o Egito por 2 a 1. Pizzi comandou a seleção do Chile em 2016, que conquistou a Copa da América do Centenário. Também levou os chilenos ao vice-campeonato da Copa das Confederações em 2017.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.