Olaf Kraak/AFP
Olaf Kraak/AFP

Após decepção na Liga dos Campeões, Ajax fatura o título holandês

Conquista foi confirmada com uma vitória sobre o De Graafschap por 4 a 1

Redação, Estadão Conteúdo

15 de maio de 2019 | 17h04

Uma semana depois de sofrer uma enorme decepção ao ser eliminado nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa com uma derrota de virada por 3 a 2 para o Tottenham, sofrendo o gol no último lance, o Ajax teve muito o que comemorar nesta quarta-feira. Fora de casa, o time goleou o De Graafschap por 4 a 1, pela 34.ª e última rodada, e conquistou o título do Campeonato Holandês. Esta é a 34.ª taça nacional da equipe, que não era campeã desde a temporada 2013/2014.

Comandado pelo técnico Erik Ten Hag - que é especulado no Barcelona e no Chelsea para a próxima temporada, mas já declarou que continuará no Ajax -, o time de Amsterdã decepcionou na Europa, mas mostrou a sua força doméstica. Além do Campeonato Holandês, fez a dobradinha com a conquista do título da Copa da Holanda. No último dia 5, em Roterdã, goleou o Willem II por 4 a 0 para ser campeão pela 19.ª vez da competição.

A conquista do Campeonato Holandês estava praticamente garantida antes do jogo desta quarta-feira. No último domingo, o Ajax goleou o Utrecht por 4 a 1 e se aproveitou a derrota do PSV Eindhoven para o AZ Alkmaar para abrir três pontos na liderança e uma diferença de 14 gols no saldo, o primeiro critério de desempate.

Assim, era preciso apenas confirmar o título contra o De Graafschap. Com a vitória, terminou a competição com 86 pontos - contra 83 do PSV Eindhoven, que em casa derrotou de virada o Heracles Almelo por 3 a 1. Em 34 jogos, o time de Amsterdã mostrou a sua força ofensiva ao marcar 119 gols. Nesta quarta-feira, foram dois do maior destaque da equipe, o meia sérvio Dusan Tadic, um de Lasse Schone (em cobrança de falta) e outro do atacante argentino Nicolas Tagliafico.

Apesar de ser campeão holandês e de ter caído apenas nas semifinais da atual Liga dos Campeões, o Ajax não tem vaga garantida na fase de grupos da próxima edição da competição continental. Por causa do ranking dos clubes da Holanda na Uefa, o time de Amsterdã e o PSV Eindhoven terão que jogar uma fase preliminar. Feyenoord, terceiro colocado, e AZ Alkmaar, quarto, jogarão a Liga Europa. O NAC Breda foi rebaixado diretamente, enquanto que Excelsior e De Graafschap disputarão uma repescagem contra equipes da segunda divisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.