Após decepcionar no Pernambucano, Náutico abre campanha na Série B com vitória

Fora das semifinais do Campeonato Pernambucano, o Náutico espera virar a mesa na Série B. E começou com o pé direito, neste sábado à tarde, na Arena Pernambucano, ao vencer o Luverdense por 1 a 0. O gol da vitória foi marcado por Hiltinho, ainda no primeiro tempo.

Estadão Conteúdo

09 de maio de 2015 | 18h41

Bem armado na defesa com a orientação do experiente zagueiro Fabiano Eller, de 38 anos, o Náutico adotou o esquema 4-4-2. Mas chegava no ataque até com três atacantes. No começo do jogo a equipe da casa deu as cartas e abriu o placar aos 16 minutos. Douglas ligou Rogerinho, que lançou Hiltinho nas costas da defesa. Ele entrou na área e chutou em cima do goleiro Edson. Mas ficou com o rebote e, quase em cima da linha, completou para o gol. O lateral Raul Prata ainda tentou aliviar, mas a bola passou entre as suas pernas.

Nem o gol quebrou a rigidez defensiva do Luverdense, que manteve o ritmo para não sofrer gol e tentar o empate num contra-ataque. O time da casa teve mais duas chances e ouro para ampliar. Aos 34 minutos com Rogerinho e aos 37 numa cabeçada de Hiltinho que o goleiro Edson saltou e espalmou com a mão esquerda.

Aos 43 minutos quase aconteceu o castigo. Após levantamento de falta, Everton ajeitou de cabeça e Montoya, sozinho, tocou de cabeça para fora. Poderia ser o gol de empate. Desta vez o goleiro Júlio César deu sorte.

No segundo tempo, o visitante teve que sair um pouco. E quase empatou aos 19 minutos, numa falta ensaiada e finalizada por Paulinho. A bola tocou no pé da trave de Júlio César. Aos 22 minutos, o Náutico desceu em velocidade e Patrick Vieira entrou sozinho na área, mas o goleiro Edson cresceu na sua frente e espalmou.

Lisca demorou para fazer as trocas no cansado Náutico e ganhar fôlego, o que poderia representar mais gols. O Luverdense também demorou para tentar mudar e ir ao ataque.

No outro sábado, dia 16, os dois times voltam a campo. O Náutico vai até Varginha (MG), às 16h30, pegar o Boa Esporte, que perdeu para o Atlético-GO por 1 a 0. Enquanto isso, o Luverdense vai buscar em casa a reabilitação contra o América Mineiro, que empatou por 1 a 1 com o Bahia, no Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 1 X 0 LUVERDENSE

NÁUTICO - Júlio César; Guilherme, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gaston Filgueira; João Ananias, Marino, Hiltinho e Patrick Vieira (Pedro Carmona); Rogerinho (Bruno Alves) e Douglas (Josimar). Técnico - Lisca.

LUVERDESEN - Edson; Raul Prata, Montoya, Everton e Paulinho; Júlio Terceiro, Michel (Ticão), Diego Rosa (Rafael Tavares) e Deyvid Sacconi; Osman (Da Matta) e Ciro. Técnico - Júnior Rocha.

GOL - Hiltinho, aos 16 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Léo Simão Holanda (CE).

CARTÕES AMARELOS - João Ananias, Hiltinho, Ronaldo Alves e Patrick Vieira (Náutico);

Raul Prata e Júlio Terceiro (Luverdense).

RENDA - R$ 91.175,00.

PÚBLICO - 5.440 pagantes.

LOCAL - Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BNáuticoLuverdense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.