Após deixar a lanterna, Atlético-GO estreia técnico Doriva contra Cruzeiro

Depois de vencer a Ponte Preta, equipe já conta com o novo comandante para a partida deste domingo

Estadao Conteudo

11 de junho de 2017 | 08h04

A tensão no Atlético Goianiense, de repente, deu lugar à tranquilidade. Depois de vencer a Ponte Preta por 3 a 0 e somar os três primeiros pontos no Campeonato Brasileiro, o time goiano aproveitou para apresentar o técnico Doriva, que chega para assumir a vaga de Marcelo Cabo.

O novo comandante vai ser a principal novidade do time goiano neste domingo, às 18h30, quando enfrenta o Cruzeiro no Mineirão, pela sexta rodada. Doriva foi contratado quarta-feira com o Atlético-GO na lanterna, com quatro derrotas seguidas e a crise gerada pela demissão de Marcelo Cabo.

Mas dois dias depois foi apresentado com o time aliviado por ter vencido e deixado a lanterna sob o comando do interino João Paulo Sanches. Ainda assim, a equipe continua na zona de rebaixamento.

Doriva aproveitou a tarde de sexta-feira para conversar bastante com os jogadores. Fez o mesmo na concentração na capital mineira. Sem nenhum jogador suspenso ou lesionado, o novo treinador elogiou a postura atleticana contra a Ponte Preta, mas sabe que a reação não pode parar por aí.

"O que eu vi foi muito positivo, uma reação imediata da equipe e que mostra que o grupo tem qualidade e capacidade. Fiquei muito contente com o que vi, agora vou trabalhar para correr contra o tempo porque tenho pouco tempo".

O atacante Walter mais uma vez deve ser desfalque. Ele foi cortado pelo auxiliar João Paulo Sanches no último treino de quarta-feira, porque está visivelmente acima do peso. Everaldo, seu substituto, entrou e marcou dois gols, o que o credencia a se manter como titular.

As outras duas mudanças feitas pelo interino também devem ser mantidas, com Eduardo Bauermann na zaga e André Castro na lateral direita.

Tudo o que sabemos sobre:
atlético-gofutebolCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.