reprodução/ Instagram
reprodução/ Instagram

Após deixar CRB, Chamusca acerta com o Cuiabá também na Série B

Técnico chega com missão de fazer equipe reagir após quatro jogos sem vitória

Redação, Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2019 | 17h59

A troca de treinadores na Série B do Campeonato Brasileiro teve sequência neste domingo. Poucas horas depois de ter sido demitido pelo CRB, Marcelo Chamusca foi oficializado como novo treinador do Cuiabá.

Marcelo Chamusca acabou deixando o CRB no sábado, um dia depois de o clube chegar ao quinto jogo sem vitória, em razão da derrota para o Guarani, por 1 a 0, em Campinas. O CRB, porém, realiza boa campanha: é o oitavo colocado, com 39 pontos, a quatro do G4, a zona de acesso à primeira divisão.

Substituto de Itamar Schülle, que caiu ainda na sexta-feira depois da derrota de virada para o Vitória, por 3 a 1, em plena Arena Pantanal, Marcelo Chamusca já deve estrear nesta segunda-feira, contra o Sport, na Ilha do Retiro, no Recife.

A intenção da diretoria do Cuiabá ao mudar a comissão técnica é dar um choque no elenco, já que o time vem em queda livre no campeonato. Sem vencer há quatro jogos, o time de Mato Grosso se distanciou do pelotão da frente e aparece na 12ª colocação, com 36 pontos.

Natural de Salvador, Marcelo Chamusca tem 53 anos e passou por Vitória da Conquista, Salgueiro, Fortaleza, Atlético-GO, Sampaio Corrêa, Guarani, Paysandu, Ceará, Ponte Preta, Vitória e CRB antes de acertar com o Cuiabá.

Em seu currículo, o treinador tem três acessos: em 2013, com o Salgueiro na Série C; em 2016, com o Guarani na Série C; e com o Ceará na Série B, em 2017.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.