Andre Penner/AP
Andre Penner/AP

Após deixar o Boca, Schelotto assume time de Ibrahimovic na MLS

Ex-técnico de gigante argentino vai comandar o Los Angeles Galaxy nos Estados Unidos

Redação, Estadão Conteúdo

02 Janeiro 2019 | 17h05

Depois de deixar o Boca Juniors após o time perder a decisão da Copa Libertadores para o rival River Plate, o técnico Guillermo Barros Schelotto definiu o seu futuro. Nesta quarta-feira, o argentino foi anunciado como novo treinador do Los Angeles Galaxy, time que venceu cinco vezes a MLS, a principal liga de futebol dos Estados Unidos.

Schelotto estava à frente do Boca Juniors desde março de 2016, tendo sido campeão argentino em duas oportunidades, nas temporadas 2016/2017 e 2017/2018 pelo clube que defendeu durante uma década, de 1997 a 2007, período em que foi campeão quatro vezes da Libertadores - 2000, 2001, 2003 e 2007.

Ainda assim, Schelotto possui experiência no futebol dos Estados Unidos, como jogador. Ele defendeu o Columbus Crew de 2007 a 2010 na MLS, tendo marcado 38 gols nesse período e sendo eleito o melhor jogador da liga em 2008.

No Los Angeles Galaxy, Schelotto vai substituir Dominic Kinnear, que terminou a última temporada à frente do time, como interino, após a saída de Sigi Schmid. O time não conseguiu se classificar aos playoffs pela segunda temporada consecutiva, mesmo contando no elenco com o astro sueco Zlatan Ibrahimovic, que brilhou em seu primeiro ano na MLS ao marcar 22 gols.

"Tenho a honra de ser o técnico do time mais vencedor da Major League Soccer. Esta é uma tremenda oportunidade para mim e estou animado para começar a trabalhar. O LA Galaxy há muito tempo é o padrão na MLS e estou pronto para levar o clube a novos patamares", disse Schelotto.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.