Após demissão de Caio Júnior, Bahia anuncia Jorginho como substituto

Comandante assinou contrato até dezembro e irá se encontrar com elenco em Santos

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2012 | 15h29

SALVADOR - Depois de Caio Júnior ter pedido demissão na noite da última segunda-feira, o Bahia anunciou nesta terça a contratação do técnico Jorginho, que foi demitido pelo Atlético-PR no início deste mês. O novo comandante do clube assinou contrato para dirigir o time até dezembro e já irá se encontrar com o elenco de jogadores em Santos, onde a equipe baiana enfrentará os comandados de Muricy Ramalho nesta quarta, às 19h30, na Vila Belmiro, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Técnico da Portuguesa na excelente campanha que levou o time de volta à elite do futebol brasileiro e foi coroada com o título da Série B, Jorginho chega ao Bahia depois de ter dirigido o Atlético-PR em apenas oito partidas, nas quais obteve três vitórias, um empate e quatro derrotas.

Além de comandar Portuguesa e Atlético-PR, Jorginho foi técnico do time júnior do Palmeiras, em 2008, antes de ser auxiliar da equipe profissional no ano seguinte, quando chegou a assumir a direção interina após a saída de Vanderlei Luxemburgo. Já em 2010, o treinador passou pelo Goiás no primeiro semestre e na segunda metade do ano esteve na Ponte Preta.

Com Jorginho chegará ao Bahia também o auxiliar técnico Ânderson Lima. Os dois tentarão fazer a equipe reagir no segundo turno do Campeonato Brasileiro, depois de o time ter encerrado o primeiro na 16.ª colocação, com 17 pontos, apenas um à frente de Palmeiras e Atlético-GO, que hoje encabeçam a zona de rebaixamento.

Caio Júnior, porém, diz ter deixado o clube apenas por causa de razões "estritamente familiares", conforme alegou na nota oficial que divulgou na última segunda-feira para justificar o seu pedido de demissão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.