Érico Leonan/São Paulo
Érico Leonan/São Paulo

Após demissão, Rogério Ceni vai ao CT e se despede dos jogadores

Ex-treinador conversou com o elenco antes do treino desta terça-feira

Estadão Conteúdo

04 de julho de 2017 | 16h46

A equipe do São Paulo voltou aos treinamentos nesta terça-feira após a derrota para o Flamengo, por 2 a 0, domingo, no Rio de Janeiro. A atividade foi a primeira após a demissão de Rogério Ceni, que esteve no CT para se despedir dos jogadores, dos funcionários e dos membros da comissão técnica. Para garantir a privacidade do ex-treinador, o clube só permitiu a entrada da imprensa após a despedida.

De acordo com o site do clube, o treinador se reuniu com o grupo no auditório de preleção e agradeceu pela convivência durante os sete meses de trabalho, cumprimentou um a um e desejou sorte à equipe. O supervisor de futebol, Charles Hembert, também aproveitou a oportunidade para se despedir dos tricolores.

O treino foi comandado pelo auxiliar Pintado, que deverá liderar a equipe no clássico com o Santos, domingo, na Vila Belmiro. Embora as negociações com Dorival Junior estejam adiantadas e ele seja o preferido da diretoria, é pouco provável que o negócio seja concretizado antes do clássico. Além disso, Dorival tem problemas familiares para resolver em Santa Catarina, onde mora.

A equipe sub-20 do São Paulo realizou um jogo-treino com os reservas do clube. Os titulares se dividiram entre atividades na sala de musculação e atividades leves no gramado do CT da Barra Funda. A equipe reserva foi formada por Perri; Bruno, Arboleda, Douglas e Edimar; Cícero, Shaylon e Gomez; Nem, Brenner e Thomaz.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCfutebolRogério Ceni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.