Andrew Couldridge / Reuters
Andrew Couldridge / Reuters

Após demitir Tuchel, Borussia Dortmund anuncia contratação de técnico do Ajax

Peter Bosz foi vice-campeão da Liga Europa e Campeonato Holandês em 2016-17

Estadão Conteúdo

06 de junho de 2017 | 09h54

Uma semana após demitir Thomas Tuchel, o Borussia Dortmund anunciou oficialmente nesta terça-feira a contratação de Peter Bosz como seu novo técnico. O treinador assume o comando do time alemão depois de ter levado o Ajax ao vice-campeonato da Liga Europa na temporada passada do futebol do Velho Continente.

O clube de Dortmund revelou que o comandante holandês de 53 anos de idade assinou um contrato de duas temporadas com a equipe, em um compromisso firmado até 30 de junho de 2019. Antes disso, ele esteve à frente do Ajax por uma temporada e conseguiu montar um jovem e dinâmico time, forte no ataque e ao mesmo tempo eficiente no setor defensivo.

O Ajax acabou sendo derrotado pelo Manchester United por 2 a 0 na decisão da Liga Europa, mas deu esperança ao seu torcedor com a equipe que também fechou a última temporada com o vice-campeonato do Campeonato Holandês, no qual terminou a sua campanha apenas um ponto atrás do campeão Feyenoord.

Já o Borussia Dortmund encerrou a edição passada do Campeonato Alemão na terceira posição, assegurando um lugar na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões da Europa, e faturou a Copa da Alemanha. Entretanto, Thomas Tuchel foi demitido do comando da equipe apenas três dias depois de conduzir a equipe ao primeiro título do clube nos últimos cinco anos.

O contrato do treinador se encerraria apenas ao fim da temporada 2017/2018, mas o time exibiu instabilidade durante este último ciclo do futebol europeu e acabou descartado após uma reunião entre os dirigentes da cúpula do Dortmund na semana passada.

Agora com Peter Bosz no comando, a equipe espera poder ter chances de encerrar a hegemonia do Bayern de Munique no Campeonato Alemão, conquistado pelo time bávaro nas últimas cinco temporadas depois do bicampeonato obtido pelo próprio Borussia com os títulos de 2011 e 2012.

Em sua carreira como jogador, Bosz teve breve passagem pelo futebol da Alemanha com a camisa do Hansa Rostock no final da década de 1990, quando defendeu a equipe em 14 partidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.