Após derrota, Galo sinaliza novas mudanças na Ponte Preta

Depois da inesperada derrota da Ponte Preta para o XV de Piracicaba, por 1 a 0, sábado, em Campinas, pela oitava rodada do Campeonato Paulista, o técnico Alexandre Gallo adiantou que o time pode ter novidades para se recuperar diante da Ferroviária, no próximo sábado, às 18h30, novamente no Estádio Moisés Lucarelli.

Estadão Conteúdo

07 de março de 2016 | 19h02

Para a semana de treinos, o técnico pode ter algumas novidades. O atacante Taiberson e o meia Cristian foram liberados pelo departamento médico para fazer trabalhos de transição no gramado e podem pintar como novidades no trabalho com bola. Na lateral direita, Jeferson retorna de suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo e já deve retomar sua vaga no time titular.

Contra o XV, Gallo testou o volante Ferrugem na posição, já que Nino Paraíba não passa confiança à comissão técnica e não caiu nas graças da torcida. Quem agradou o treinador foi o zagueiro Douglas Grolli, que estreou positivamente, apesar da derrota.

O técnico já sabe que o volante Elton continua vetado, por isso quer apressar a entrada de Felipe Menezes como titular para dar mais criatividade ao meio-campo. Ele atuou alguns minutos no último jogo, mas reconheceu que precisa de mais ritmo.

Tudo isso para buscar logo a recuperação. Antes de perder para o XV a Ponte Preta tinha vencido duas vezes: 3 a 1 contra o Audax e 1 a 0 no São Paulo. Mas soma apenas nove pontos, em quarto lugar do Grupo B e em 15.º lugar na classificação geral, abrindo a zona de descenso.

"Faltam ainda muitos jogos, mas nós precisamos pontuar para não correr riscos. Nós sabemos que estamos numa competição equilibrada, mas confiamos bastante no elenco", analisou Gallo.

Nesta segunda-feira à tarde, os reservas voltaram a treinar. Fizeram um jogo treino contra o time sub-20 da Ponte Preta e venceram por 1 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.