Lucas Merçon / Fluminense FC
Lucas Merçon / Fluminense FC

Após derrota, Abel lamenta desfalque de Marcos Júnior e prevê mais baixas no Flu

Técnico diz que irá esperar para ver se atacante Pedro terá condições de enfrentar o Flamengo na próxima rodada

Estadão Conteúdo

05 Junho 2018 | 08h10

Passada a derrota por 2 a 1 para o Paraná nesta segunda-feira, no Durival Britto, em Curitiba, o técnico Abel Braga enumerou os problemas que terá para escalar o Fluminense nesta quinta-feira, em rodada do Brasileirão. Desfalcado, o time carioca vai enfrentar o Flamengo no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

+ Clubes aproveitam folga da Copa para fazer 'pré-temporada'

"Vamos ver se o Pedro vai ter condições de jogar. O Marcos Júnior não tem chance nenhuma, saiu com 5 minutos porque sentiu o posterior da coxa. O Ayrton também não pode, o Léo já não poderia. Vamos ver a melhor formação, temos de pensar bem", disse o treinador na coletiva de imprensa após a partida.

Centroavante titular e artilheiro do Fluminense no ano com 13 gols, Pedro saiu machucado da partida contra o Grêmio na última quarta-feira e corre contra o tempo para se curar de lesão muscular na coxa esquerda. A alternativa contra o Paraná foi João Carlos, enquanto Robinho e Pablo Dyego vão disputar a posição aberta por Marcos Júnior. Nas laterais, Gilberto deve voltar ao lado direito no lugar de Léo e Marlon seguirá como substituto de Ayrton Lucas na esquerda.

"Não estou promovendo rodízio, mas tem gente jogando desde os amistosos da Florida Cup. O Marcos Júnior sentiu, depois o Léo sentiu também. Não temos grupo para fazer rodízio, mas existem posições em que fecho o olho e fico tranquilo. E se eu perco o Gilberto? A gente tem de descansar. O Gilberto já fez 27 jogos esse ano", relatou Abel.

O Fluminense ocupa a nona colocação após nove rodadas, com 14 pontos. A equipe carioca vai fazer o clássico com o Flamengo nesta quinta, depois viajará a Belo Horizonte para enfrentar o Atlético Mineiro no Independência, no domingo, e jogará no Maracanã, no Rio, a última partida antes da parada para a Copa do Mundo, contra o Santos, no dia 13.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.