José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Após derrota, Argel pede demissão e deixa a Portuguesa

Equipe é derrotada pelo América-RN na tarde deste sábado

Agência Estado

17 de maio de 2014 | 19h49

SÃO PAULO - Chegou ao final a passagem do técnico Argel Fucks pela Portuguesa. Após a derrota para o América-RN, por 2 a 1, de virada, na tarde deste sábado, o treinador entregou o cargo. Durante a entrevista coletiva, ele afirmou que a falta de condições de trabalho no clube do Canindé o levou a optar por sair.

"Estou me desligando da Portuguesa. É decisão minha. Futebol para mim é coisa séria e trabalho sempre para ganhar. Daqui a pouco chega outro profissional e consegue dar uma recuperada", afirmou o treinador em sua despedida.

Argel assumiu a Lusa em situação crítica, na sétima rodada do Campeonato Paulista, e dirigiu o time em 17 partidas. De lá para cá foram sete vitórias, sete derrotas e três empates. Apesar de conseguir evitar o rebaixamento no Paulistão, o time foi eliminado ainda na primeira fase da Copa do Brasil e ainda não venceu na Série B.

"Eu não vejo esperança de reação. Daqui a pouco pode chegar outro técnico, com uma forma de trabalhar diferente, e consegue conduzir melhor a equipe", afirmou o treinador, dando a entender que tentou de tudo para que a Portuguesa reagisse.

Com apenas dois pontos em cinco jogos, a Lusa ocupa a penúltima posição na Série B. Na terça-feira, pela sexta rodada vai enfrentar o Náutico, no Recife. A diretoria não se manifestou sobre o substituto, mas, coincidentemente, Jorginho viu o jogo das arquibancadas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPortuguesaArgel Fucks

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.