Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Após derrota, dirigente promete conversa com elenco do São Paulo

Tropeço diante do Palmeiras causa estrago no time do Morumbi

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

26 Março 2015 | 07h13

A derrota por 3 a 0 para o Palmeiras causou estrago e levou a diretoria do São Paulo a prometer atitudes enérgicas para fazer o time reagir. O vice-presidente de futebol do clube, Ataíde Gil Guerreiro, garantiu que vai se reunir com a equipe e cobrar mudanças para evitar novas atuações vergonhosas, como a desta quarta-feira, em partida do Campeonato Paulista, no Allianz Parque.

"Não quero falar agora. Vou conversar com todos amanhã (quinta-feira) porque não é possível perder assim de novo. Tem muita coisa errada", disse o dirigente aos jornalistas quando deixava o estádio. Ataíde se desculpou e alegou que por estar irritado, era melhor não dar entrevistas no momento. Foi a terceira derrota do clube em clássicos no ano e em quatro encontros, o São Paulo ainda não venceu e sequer marcou gols.

Os resultados negativos diante de rivais fortes preocupam a diretoria principalmente pela sina da equipe por eliminações consecutivas no Estadual. Desde 2007, o São Paulo é eliminado no mata-mata da competição e nas seis últimas Libertadores deu adeus em derrotas para clubes do mesmo país. Em 2015 o grande fantasma da equipe é o Corinthians, para quem já perdeu tanto no torneio continental (2 a 0), como no Paulista (1 a 0).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.