CBF/Divulgação
CBF/Divulgação

Após derrota em estreia, seleção feminina encerra preparação para duelo com Japão

Brasileira enfrentam as japonesas neste domingo, às 17h15 (horário de Brasília), pelo Torneio das Nações

Estadão Conteúdo

28 Julho 2018 | 20h12

Após ser derrotada na estreia no Torneio das Nações, a seleção brasileira feminina de futebol encerrou neste sábado a preparação para o seu segundo duelo no torneio amistoso, disputado nos Estados Unidos. No domingo, as brasileiras vão enfrentar o Japão, às 17h15 (horário de Brasília).

+ Seleção feminina perde para a Austrália na estreia no Torneio das Nações

Dois dias após a derrota para a Austrália por 3 a 1, o técnico Vadão comandou atividade somente com as reservas no gramado do estádio Rentschler Field, em East Hartford, no estado de Connecticut. O local será o palco da partida deste domingo.

As jogadoras que foram titulares na quinta fizeram somente trabalho regenerativo neste sábado. As demais participaram de treino tático em campo reduzido, sob forte sol e calor. Vadão não indicou se fará mudanças na equipe titular. Na quinta, ele escalou a seleção com Bárbara; Tamires (Joyce), Daiane (Kathellen), Mônica e Poliana; Debinha, Andressinha (Camila), Thaísa e Marta; Beatriz e Thaís (Adriana).

Com capacidade para 40 mil torcedores, o estádio Rentschler Field costuma ser utilizado para jogos de futebol americano. O UConn (Universidade Connecticut) manda suas partidas no local.

Depois do duelo entre brasileiras e japonesas, neste domingo, será a vez do jogo entre os Estados Unidos e a Austrália, às 20 horas (de Brasília). O Brasil ainda enfrentará o time da casa, na sequência da competição.

Esta é a segunda edição do Torneio das Nações, quadrangular amistoso disputado em solo norte-americano. Na primeira edição da competição, que tinha os mesmos participantes, a Austrália levou o título e o Brasil foi o último colocado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.