Após derrota, Ferdinando Teixeira deixa o ABC

Após a derrota para o Criciúma, por 2 a 0, na noite da última terça-feira, o treinador Ferdinando Teixeira se reuniu com a diretoria do clube e decidiu pela sua saída, nesta quarta-feira. Ele havia começado a Série B no clube.Ferdinando confessa que tomou a decisão devido a pressão pela má fase do ABC. O tropeço em Santa Catarina foi o segundo consecutivo. Antes, o Juventude havia vencido os potiguares, por 3 a 0. "Sentei com a direção do clube e resolvi entregar o cargo. Existia uma pressão muito grande em cima do presidente Judas Tadeu, que estava segurando tudo só, e para aliviar essa situação e o clima, achei melhor deixar a direção técnica da equipe. Somos grandes amigos e acho que foi a melhor decisão para o clube no momento", afirmou o técnico.Paulo César Gusmão, que deixou o Figueirense no início da semana, Valdir Espinosa, demitido da Portuguesa recentemente e Maurício Simões, no Confiança-SE, da Série C, são os nomes mais cotados para assumir o clube de Natal. A diretoria do ABC pretende anunciar o novo comandante nesta quinta. A idéia é que o treinador já comande a equipe no confronto contra o Paraná, no sábado. Com a saída de Ferdinando do ABC, apenas cinco times da Série B seguem sem troca de treinador: Corinthians, Avaí, Ceará, Bragantino e Vila Nova.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.