Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Após derrota, Levir reconhece momento ruim do Atlético-MG

Time leva 1 a 0 da Caldense, em Poços de Caldas, no Estadual

Estadão Conteúdo

13 Março 2015 | 10h49

A derrota do Atlético-MG por 1 a 0 para a Caldense, na noite de quinta-feira, em Poços de Caldas, ampliou o início de temporada ruim do time. Agora apenas em quarto lugar no Campeonato Mineiro, com 13 pontos somados em sete jogos, o time faz campanha ainda pior na Copa Libertadores, pois foi derrotado nos dois jogos que disputou no torneio continental.

Diante disso, o técnico Levir Culpi reconheceu as atuações ruins e as dificuldades que o Atlético vem enfrentando nos primeiros meses de 2015. "Não estamos jogando bem, mas essa decepção também pode ser importante para a nossa recuperação", observou, para depois prometer que o time vai se recuperar e emplacar uma sequência de bons resultados.

"A Caldense está em segundo ou terceiro lugar, e teve uma supermotivação para jogar contra o Atlético. Não podemos lamentar agora que perdemos, o certo é que temos um caminho bem longo pela frente. Mas tenho certeza que a nossa sequencia vai ser muito melhor que isso", acrescentou.

Levir também lamentou o pênalti desperdiçado por Dodô no final do primeiro tempo, quando a partida estava empatada em 0 a 0, e criticou as condições do gramado do Estádio Ronaldão. O treinador, no entanto, reconheceu que o Atlético não merecia sorte melhor.

"Estamos tristes com resultado, mas perdemos oportunidade no primeiro tempo com o pênalti e os jogadores não tiveram controle do gramado, que estava muito ruim, mas isso não justifica. A Caldense estava bem colocada em campo. Talvez o empate seria mais justo, mas jogamos pouco e não merecemos resultado melhor", analisou.

Em busca da reabilitação no Campeonato Mineiro, o Atlético volta a entrar em campo no próximo domingo, às 16 horas, quando vai receber a URT, no Independência, pela oitava rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.