Após derrota na ida, Celtic elimina time de Gibraltar na Liga dos Campeões

Campeão da Liga dos Campeões na temporada 1966/1967, o Celtic conseguiu evitar o vexame de ser eliminado da competição por um time de Gibraltar. Após perder por 1 a 0 na partida de ida, os escoceses venceram o Lincoln Red Imps por 3 a 0 na volta, nesta quarta-feira, e avançaram à terceira e penúltima fase eliminatória para a fase de grupos.

Estadão Conteúdo

20 de julho de 2016 | 18h49

Agora comandado por Brandan Rodgers, ex-técnico do Liverpool, o Celtic afastou a zebra com três gols quase em sequência: Lustig, aos 23 minutos do primeiro tempo, Griffiths, aos 26, e Roberts, aos 29. O rival, vale destacar, é um time semiamador.

Na próxima etapa, o Celtic pega o Astana, do Casaquistão. Também avançaram equipes de peso como Olympiacos (Grécia), Dinamo Zagreb (Croácia), Viktoria Plzen (República Checa), BATE Borisov (Bielo-Rússia) e Estrela Vermelha (Sérvia).

Também na fase entram alguns times ainda mais tradicionais, mas que não foram campeões de seus respectivos países. São os casos, por exemplo, do Ajax, que vai enfrentar o PAOK, da Grécia, e o Shakhtar Donetsk, que enfrenta o Young Boys, da Suíça. Manchester City, Roma, Villarreal, Borussia Mönchengladbach e Roma entram na última fase classificatória.

Entre os times já eliminados, destaque para o Crusaders, da Irlanda do Norte, que levou um agregado de 9 a 0 do Copenhagen, da Dinamarca. O FH, da Islândia, outro país que brilho na Eurocopa, caiu diante do Dundalk, da Irlanda. O The New Saints, do País de Gales, foi eliminado pelo APOEL, do Chipre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.