Thanassis Stavrakis/AP
Thanassis Stavrakis/AP

Após derrota na Liga das Nações, seleção grega demite treinador

Michael Skibbe deixa equipe praticamente eliminada na primeira fase da competição

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2018 | 12h22

A Federação Grega de Futebol anunciou nesta quinta-feira a demissão do técnico da seleção nacional, Michael Skibbe. A decisão foi tomada dias depois da derrota para a Finlândia na Liga das Nações, que praticamente selou a eliminação da equipe na primeira fase do torneio.

O presidente da entidade, Vangelis Grammenos, declarou que a decisão pela demissão da Skibbe foi tomada pelos dirigentes diante dos "resultados ruins recentes". De fato, a Grécia tem sido bastante irregular este ano e soma quatro derrotas e três vitórias, em sete partidas disputadas.

Skibbe é alemão e fez quase toda sua carreira de treinador em seu país e na Turquia. Ele comandou clubes como Borussia Dortmund, Bayer Leverkusen, Eintracht Frankfurt, Karabükspor, entre outros. Na seleção grega, estava desde 2015.

Após anunciar a demissão, Grammenos já confirmou o novo comandante da seleção grega. Será Angelos Anastassiadis, um treinador local que trabalhou em clubes como Panathinaikos e PAOK e que comandou o Chipre por sete anos. "Vamos instaurar as características necessárias para uma seleção nacional", afirmou o presidente da federação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.