Javier Soriano / AP
Javier Soriano / AP

Após derrota para o CSKA, Real Madrid volta aos treinos com Casemiro e sem Bale

Equipe enfrenta o Rayo Vallecano pelo Campeonato Espanhol e, em seguida, viaja para disputar o Mundial de Clubes

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2018 | 12h10

Menos de 24 horas depois de perder para o CSKA Moscou, por 3 a 0, em pleno Santiago Bernabéu, pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, o elenco do Real Madrid voltou aos treinamentos nesta quinta-feira, iniciando a preparação para o jogo com o Rayo Vallecano, sábado, pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol.

A maior preocupação envolveu o meia-atacante Gareth Bale, substituído no duelo de quarta-feira ao sofrer uma torção no tornozelo direito. O galês passou todo o período do treinamento de quinta em tratamento fisioterápico, o que diminui as suas chances de ser aproveitado no fim de semana. Além disso, Thibaut Courtois, Isco Alarcón e Karim Benzema também não foram ao campo.

A boa notícia foi o retorno às atividades do volante Casemiro, que participou de parte do treino, assim como o defensor Reguilón. O jogador brasileiro está recuperado de uma torção no tornozelo direito, sofrida em 11 de novembro na vitória sobre o Celta de Vigo, por 4 a 2, pela 12ª rodada do Espanhol. E Nacho, em fase final de recuperação de lesão, também foi ao campo, ainda que sem tocar na bola.

Além da disputa do torneio nacional, o Real se prepara também para o Mundial de Clubes, competição na qual a equipe madrilenha tem estreia prevista para a próxima quarta-feira, diante do vencedor do duelo deste sábado entre o mexicano Chivas e o japonês Kashima Antlers.

O Real vai buscar nos Emirados Árabes Unidos o quarto título mundial em cinco anos - foi campeão em 2014, 2016 e 2017.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.