Após derrota, Portuguesa ainda acredita por vaga na A1 do Estadual

Time do Canindé fica mais longe de subir nesta temporada

Estadao Conteudo

13 de abril de 2017 | 20h26

"Enquanto houver um fio de esperança, nós vamos acreditar". Essas são as palavras do técnico Estevam Soares, da Portuguesa, de olho no G4 - a zona de classificação - do Campeonato Paulista da Série A2. A derrota por 2 a 0 para o São Caetano, na última quarta-feira, em casa, já faz parte do passado e agora o foco é bater o Oeste na segunda-feira, às 20 horas, pela 18.ª e penúltima rodada, de novo no estádio do Canindé, em São Paulo.

Este será o último jogo do time na capital paulista, pelo menos pela competição estadual. O elenco se reapresentou nesta quinta-feira e os reservas já trabalharam no gramado. Estevam Soares não poderá contar com o meia Bruno Xavier, que recebeu o terceiro cartão amarelo e está automaticamente suspenso. Ele entrou aos 32 minutos do segundo tempo no lugar de Tarik, que ainda tenta se firmar no time titular. Fernando Martins corre por fora para atuar ao lado de Dinho e Luisinho.

Com 23 pontos em 11.º lugar, a Portuguesa precisa vencer seus dois últimos jogos para chegar aos 29. Depois teria de contar com uma série de tropeços de seus concorrentes. Os mais diretos são o Batatais, em quarto com 28, e o Guarani, em quinto com 27. O São Caetano está classificado com 34 pontos, seguido pelo Água Santa, com 32 e virtualmente garantido. Em terceiro está o Rio Claro, com 30.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.