Divulgação
Divulgação

Após derrota, Portuguesa demite técnico Edson Pimenta

Após colocar seu cargo à disposição em virtude dos maus resultados, comandante da Lusa foi demitido

AE, Agência Estado

28 de julho de 2013 | 17h57

SÃO PAULO - A derrota para o Atlético Paranaense, no estádio do Canindé, no último sábado, foi a gota d''água para o técnico Edson Pimenta. Neste domingo, o treinador teve a sua demissão confirmada pela diretoria da Portuguesa. A decisão foi tomada após uma reunião da cúpula diretiva da equipe rubro-verde.

Antes da entrevista coletiva após o jogo, o ex-técnico da Portuguesa tinha colocado seu cargo à disposição, em virtude da forte pressão dos torcedores e de seu fraco desempenho neste Campeonato Brasileiro. Ele conquistou apenas uma vitória nos nove jogos que disputou.

Embora não tenha aceito a saída do treinador na noite de sábado, o presidente Manuel da Lupa mudou de ideia e demitiu Pimenta em uma reunião na manhã seguinte. Estiveram presentes o gerente de futebol Candinho e o vice-presidente de futebol Roberto dos Santos. A expectativa deles é anunciar o quanto antes um substituto para Edson Pimenta.

Os nomes de Guto Ferreira, Falcão, Sérgio Soares e Emerson Leão são os mais cotados a assumirem o comando da Portuguesa até o final do Brasileirão. Para a partida desta quarta-feira contra o Criciúma, às 19h30, no estádio do Canindé, o auxiliar Gerson Sodré comandará interinamente a Portuguesa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaEdson Pimenta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.