Juan Medina/Reuters
Juan Medina/Reuters

Após derrota, técnico deixa comando da seleção croata

Slaven Bilic anunciou após a partida contra a Espanha que sai do cargo e vai assumir o Lokomotiv de Moscou, da Rússia

estadão.com.br,

18 de junho de 2012 | 21h17

GDANSK (POLÔNIA) - A Croácia não ficou somente sem a vaga nas quartas de final da Eurocopa ao perder por 1 a 0 para a Espanha, nesta segunda-feira, em Gdansk, na Polônia. A seleção croata perdeu também o seu treinador, uma vez que Slaven Bilic anunciou após o jogo que está deixando o cargo.

Bilic, que jogou a Copa do Mundo de 1998 pela Croácia, quando a seleção, então novata em Mundiais, chegou às semifinais, vai deixar o cargo pela porta da frente. Isso porque agora ele irá assumir o comando do Lokomotiv de Moscou, time russo.

Leia Também

BLOGS - Eurocopa

O treinador croata estava na frente da seleção há seis temporadas, Bilic disse que deixa a Croácia orgulhoso da sua trajetória. Já o capitão da equipe, Vedran Corluka, agradeceu os "seis belos anos" de "um dos melhores técnicos do futebol" à frente da seleção.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCroáciaEurocopa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.