Após derrota, técnico do Cruzeiro elogia São Paulo

Após ter encerrada a sequência de 12 jogos sem derrota, o técnico Marcelo Oliveira admitiu as dificuldades do líder Cruzeiro no ataque, na noite de quarta-feira, e fez elogios à marcação do rival São Paulo.

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 08h57

"Foi um jogo em que nos faltou inspiração para armar os contra-ataques. No primeiro tempo erramos muitos passes, não escolhendo a melhor jogada. O São Paulo tem um bom elenco, experiente e marcou muito forte. A gente não conseguia jogar e quando tivemos espaço nos contra-ataques, não aproveitamos", lamentou.

O treinador, contudo, evitou se abater com o resultado negativo. O time segue com nove pontos de vantagem sobre o vice-líder na tabela e continua sendo o grande favorito para ficar com o título do Brasileirão.

"Estamos firmes, continuamos na nossa caminhada. É um time comprometido que vai certamente jogar melhor do que jogou hoje. A pontuação não mudou tanto, temos um aproveitamento de 79% no segundo turno. Isso é expressivo e vai nos dar uma gordura mais para frente", afirmou Oliveira, que também minimizou o primeiro revés no Mineirão.

O Cruzeiro ainda não tinha perdido no estádio desde a reforma para a Copa do Mundo. "Temos que ter tranquilidade neste momento. Iríamos perder um dia aqui no Mineirão e temos que ter a tranquilidade de avaliar o que aconteceu, tirar lições e preparar bem para o próximo jogo", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroMarcelo Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.