Fábio Motta/AE - 05/02/2010
Fábio Motta/AE - 05/02/2010

Após derrota, Vasco confirma demissão de Mancini

Treinador é dispensado depois de ver o time de São Januário perder para o Americano e ficar na terceira colocação do Grupo B na Taça Rio

AE, Agencia Estado

25 de março de 2010 | 08h58

Pouco depois de o Vasco perder por 3 a 2 para o Americano, em São Januário, pela sexta rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, o técnico Vágner Mancini teve a sua demissão anunciada pelo presidente do clube, Roberto Dinamite.

Veja também:

linkVasco perde do Americano por 3 a 2 e se complica na Taça Rio

Contratado no final de 2009 para o lugar de Dorival Júnior, que não renovou contrato e foi para o Santos, Mancini deixa o Vasco depois de dirigir o time em 18 partidas oficiais, contabilizando um retrospecto de dez vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

O treinador começou a perder força no comando do time vascaíno após a perda do título da Taça Guanabara, amargada com uma derrota para o Botafogo na final do primeiro turno. Agora, com o Vasco na terceira posição do Grupo B da Taça Rio, a situação do técnico se tornou insustentável.

"Houve um entendimento de ambas as partes. Mostramos o nosso lado, e o Mancini, o dele. Assim, estamos anunciando a saída do treinador. Nos próximos dias vamos anunciar um novo técnico", afirmou Dinamite, em pronunciamento feito ao lado de Mancini, que preferiu não comentar a decisão da diretoria, após o confronto em São Januário.

No próximo domingo, o Vasco voltará a campo para enfrentar o Fluminense, no Maracanã, pela sétima rodada da Taça Rio, no primeiro duelo da equipe depois da demissão de Mancini.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.