Ben Stansall/ AFP
Ben Stansall/ AFP

Após derrota, West Ham demite técnico Manuel Pellegrini

Treinador não resistiu ao revés por 2 a 1, que deixou a equipe na beira da zona de rebaixamento

Redação, Estadao Conteudo

28 de dezembro de 2019 | 19h56

Poucas horas após a derrota do West Ham para o Leicester City, em casa, a diretoria do clube londrino anunciou a demissão do técnico Manuel Pellegrini neste sábado. O treinador não resistiu ao revés por 2 a 1, que deixou a equipe na beira da zona de rebaixamento do Campeonato Inglês.

"Tornou-se claro que uma mudança é necessário para que o time volte aos trilhos, em acordo com as nossas ambições na temporada", registrou a diretoria, em comunicado. "Sentimos que era necessário agir agora para dar ao novo treinador o maior tempo possível para tentar alcançar o nosso objetivo." A diretoria ainda não revelou quem será o novo técnico do time.

Com uma vitória nos últimos cinco jogos, o West Ham figura na 17ª colocação da tabela, com 19 pontos, apenas um a mais que o Aston Villa, primeiro time dentro da zona da degola. Apesar disso, o time de Londres tem um jogo a menos que os rivais porque a partida contra o Liverpool, em dezembro, foi adiada por conta da participação do adversário no Mundial de Clubes, no Catar - o confronto ainda não tem data definida.

Pellegrini, de 66 anos, chegou ao West Ham em maio de 2018. Tinha mais um ano e meio de contrato. O treinador chileno tem passagens por Manchester City e Real Madrid. No comando da equipe londrina, não teve maior brilho e vinha tendo dificuldade de fazer a equipe se aproximar dos primeiros colocados.

Neste sábado, em fase irregular, o West Ham foi batido pelo Leicester City, time que está na briga pelo título. Ocupa a vice-liderança no momento, a dez pontos do líder Liverpool.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.