Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Após descartar renovação, Grêmio se despede de Douglas com carta

Diretoria agradece ao meia de 36 anos pelos serviços prestados ao clube

Estadão Conteúdo

11 Dezembro 2018 | 19h27

Depois de anunciar que não renovaria o contrato de Douglas, o Grêmio se despediu oficialmente do meia nesta terça-feira. Em carta aberta ao jogador de 36 anos, a diretoria o agradeceu pelos serviços prestados e falou na "idolatria" que ele deixa no clube após duas passagens.

"O Grêmio comunica a sua torcida que o atleta Douglas não renovará seu contrato para 2019, encerrando assim sua segunda passagem pelo clube, iniciada em 2015 e marcada por um ciclo de vitórias, idolatria e identificação raros no futebol", comentou.

Em entrevista à Rádio Grenal, na última segunda-feira, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, já havia informado que não renovaria com Douglas. O contrato do jogador tinha duração até o fim desta temporada e o clube considerou que não havia interesse em prorrogá-lo.

"O Douglas não vai ficar conosco. Ele vai receber todas as homenagens. Já tem ciência de que pode procurar outro clube. Eu lamento porque se ele não tivesse a lesão, teria nos ajudado muito", disse Bolzan.

Em suas duas passagens pelo clube - a anterior foi de 2010 a 2012 -, Douglas realizou 253 partidas com a camisa tricolor e marcou 44 gols. Teve a sequência prejudicada por duas graves lesões no joelho, que o afastaram do futebol por cerca de um ano e meio, mas retornou durante o Brasileirão e atuou em 18 partidas, marcando dois gols.

 

 

Mais conteúdo sobre:
DouglasGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.