Após dez partidas, Rooney marca o primeiro gol em Copas

Atacante chegou a 42 gols pela Inglaterra e tornou-se o quarto maior goleador da seleção, atrás de Bobby Charlton, Greaves e Lineker

Diego Salgado, O Estado de S. Paulo

19 de junho de 2014 | 19h13

Wayne Rooney não conseguiu evitar a derrota da Inglaterra para o Uruguai, mas pôs fim a um incômodo jejum. O atacante do Manchester United marcou o primeiro gol em Copas do Mundo. No total, Rooney já havia disputado nove partidas, sem conseguir balançar as redes.

O jogador estreou em Mundiais em 2006, antes de completar 21 anos, contra a Suécia, no segundo jogo da competição. Desde então, entrou em campo dez vezes seguidas pela seleção inglesa (nove como titular). A equipe marcou nove gols antes de Rooney enfim marcar.

O gol contra o Uruguai foi histórico também em relação à corrida pela artilharia na seleção da Inglaterra. Rooney chegou a 42 gols com a camisa inglesa, tornando-se o quarto maior goleador da história.  O atacante , agora, busca Jimmy Greaves (44), Gary Lineker (48) e Bobby Charlton (49 gols).

Lineker, artilheiro da Copa de 1986, tem dez gols em Copas - jogou também em 1990, somando 12 jogos. Já Bobby Charlton marcou quatro vezes em 14 partidas, nos Mundiais de 1958, 1962, 1966 e 1970. Greaves, por sua vez, entrou em campo em sete oportunidades e fez apenas um gol - em 1962. 

Mesmo com a derrota para a Uruguai, a Inglaterra ainda mantém as chances de chegar às oitavas de final. A equipe precisa bater a Costa Rica (dependendo do resultado desta sexta, terá de fazer 2 a 0) e torcer para a Itália vencer os dois jogos - contra os costarriquenhos e os uruguaios. Com isso, os ingleses iriam a três pontos, mesma marca de Uruguai e Costa Rica, conseguindo a vaga no saldo de gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.