Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

Após dois empates, líder Internacional encara o Ceará no Beira-Rio para voltar a vencer

Equipe do técnico Eduardo Coudet terá pela frente um adversário bastante desfalcado

Redação, Estadão Conteúdo

10 de setembro de 2020 | 06h50

Depois de dois empates seguidos, o Internacional aposta no entrosamento e no jogo coletivo organizado que o levaram à liderança do Brasileirão para superar o Ceará nesta quinta-feira, às 19h15, em casa, no Beira-Rio, e voltar a vencer na competição. O time gaúcho soma 17 pontos e briga pela liderança.

Moisés volta a ficar à disposição. O lateral-esquerdo não atuou contra o Bahia por uma questão contratual, mas também tem pela frente uma suspensão de quatro partidas na Copa Libertadores. Então, é possível que Uendel ganhe uma nova chance entre os titulares de olho no retorno da competição sul-americana na próxima semana.

No ataque, Thiago Galhardo é o grande trunfo para o time voltar a vencer. O meia-atacante é o artilheiro do Brasileirão, com seis gols, além de ter contribuído com três assistências.

Resta saber se Galhardo terá a companhia de D'Alessandro ou Marcos Guilherme. O veterano argentino foi o titular na última partida e deve começar entre os reservas. O jovem João Peglow também é uma opção. Ele se recuperou recentemente da covid-19.

Johnny, que deixou o campo com dores na coxa direita diante na rodada anterior, não teve constatada lesão e está liberado para atuar. É provável que siga entre os titulares na proteção da zaga, à frente da dupla formada por Zé Gabriel e Víctor Cuesta, e atrás de Edenilson, Patrick e Boschilia.

O argentino Leandro Fernández foi regularizado e será a novidade no banco de reservas, onde também deve estar Abel Hernández. O uruguaio estreou no empate em 2 a 2 com o Bahia e salvou o Inter da derrota, ao tirar uma bola em cima da linha.

DESFALQUES

O Ceará entra em campo sem poder contar com o técnico Guto Ferreira na beira do gramado e cinco jogadores, sendo quatro suspensos e um preservado pelo departamento médico.

Expulso na derrota por 1 a 0 para o Santos, Guto Ferreira acompanhará o duelo das tribunas. Dentro de campo, a equipe será comandada pelo auxiliar Alexandre Faganello. Além do treinador, a equipe está desfalcada pelos laterais Bruno Pacheco e Samuel Xavier, além do atacante Leandro Carvalho, que levaram cartão vermelho frente ao time paulista.

Os desfalques não param por aí. Por acúmulo de cartões amarelos, Luiz Otávio também não poderá atuar, assim como Fabinho, este foi preservado pelo departamento médico do clube com dores musculares.

Com isso, o Ceará irá para o duelo no sul totalmente modificado. A defesa, setor mais afetado, será formada por: Eduardo, Tiago Pagnussat, Gabriel Lacerda e Alyson. Por outro lado, William Oliveira e Lima brigam pela posição de Fabinho. Já Mateus Gonçalves deve ficar no lugar de Leandro Carvalho no ataque.

Guto Ferreira criticou muito os erros de arbitragem na derrota para o Santos, mas lamentou ainda mais as baixas que vai ter no sul. "Enfrentar o Internacional no campo deles é muito difícil em condições normais, então, com tantos desfalques a missão é mais complicada. Mas acho que os jogadores vão entrar determinados a fazer um bom jogo", comentou o técnico. O último treino do time acontece no CT do Grêmio nesta tarde, basicamente um recreativo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.