Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Após dois gols, Pato deve ser mantido como titular no São Paulo

Após nova atuação decisiva, desta vez contra o Danubio, atacante ganhou elogios de Muricy e deve iniciar o jogo diante do Rio Claro

Ciro Campos, Estado de S. Paulo

26 de fevereiro de 2015 | 08h52

A nova atuação decisiva de Alexandre Pato, que marcou dois gols nesta quarta-feira, garantiu ao atacante a permanência entre os titulares do São Paulo para o jogo do próximo fim de semana. O técnico Muricy Ramalho elogiou nesta quarta-feira o desempenho do atacante, que foi decisivo na vitória sobre o Danubio, pela Copa Libertadores, e está mantido no time para domingo, diante do Rio Claro, pelo Campeonato Paulista.

O jogador marcou os dois primeiros gols da vitória por 4 a 0 e repetiu a excelente atuação no último sábado, quando também fez duas vezes na goleada sobre o Audax, também por 4 a 0. "O Pato é um jogador que é realmente fantástico. Cobro demais dele a participação mais ativa no jogo e não de vez em quando. Hoje (nesta quarta-feira) ele voltou a participar melhor", disse o técnico Muricy Ramalho em entrevista após a partida.

Pato tem oito gols em sete partidas e é o artilheiro do São Paulo na temporada. A tendência é que ele volte a fazer a dupla de ataque com Luis Fabiano. "Contra o Rio Claro será bom manter o Pato, até para que o jogador possa ter sequência na equipe titular", adiantou o técnico. O atacante ficou de fora da partida contra o Corinthians por questões contratuais e cedeu lugar a Alan Kardec.

Os companheiros de posição também admitem que o camisa 11 do São Paulo vive ótima fase. "Dou nota mil para o Pato, foi o homem do jogo. Ele fez dois gols e temos de parabenizá-lo", disse Jonathan Cafu. O atacante ex-Ponte Preta também se destacou contra o Danubio, ao fechar a goleada e marcar o seu primeiro gol pelo São Paulo. O outro gol da noite foi do lateral-esquerdo Reinaldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.