Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Após duas vitórias, Flamengo desafia o 'fechado' São Paulo no estádio do Pacaembu

Rubro-negro está na sexta colocação com 46 pontos e mira quarta posição na tabela

Estadão Conteúdo

22 Outubro 2017 | 09h26

A boa sequência no Campeonato Brasileiro animou o Flamengo para o duelo contra o São Paulo neste domingo, às 17 horas, no estádio do Pacaembu, na capital paulista, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ São Paulo revê o Flamengo em fase quase tão ruim como a do primeiro turno

Abalado pela perda do título da Copa do Brasil no final de setembro, nos pênaltis, para o Cruzeiro, o Flamengo parecia que oscilaria no Brasileirão. Mas reagiu bem nas últimas duas rodadas. Venceu a Chapecoense fora, goleou o Bahia e subiu para a sexta colocação com 46 pontos, colocando-se no grupo que hoje garantiria vaga na Copa Libertadores.

A confiança, assim, é grande para enfrentar o São Paulo. E, apesar do mando ser do rival, o Flamengo chega preparado para encarar um time pressionado pela luta contra o rebaixamento. Tanto que a expectativa do elenco é de enfrentar um provável adversário "fechado" - e a melhor tática seria pressionar no início para abrir logo o placar.

"Muitos times estão jogando fechados contra a gente e o jogo contra o São Paulo vai ser parecido, de reta final do Campeonato Brasileiro, cada um com a sua luta. Apesar de estar abaixo na tabela, é um grande time. Se a gente conseguir fazer um gol na frente, pode conseguir sair com a vitória", avaliou o zagueiro Juan.

Mais importante até do que triunfar, segundo acrescenta o técnico Reinaldo Rueda, é o Flamengo se estabelecer como um rival difícil de ser vencido. "Com todo o respeito aos rivais difíceis, mas o Flamengo tem que lutar para ganhar seus pontos. Essa é a mística que o Flamengo precisa recuperar. De ser mau perdedor, de não aceitar as derrotas e buscar metas grandes", cobrou o colombiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.