Liamara Polli / AFP
Liamara Polli / AFP

Após eliminação, Kannemann lamenta chances perdidas e oscilação do Grêmio

Equipe caiu na pré-Libertadores para o Independiente del Valle e disputará Copa Sul-Americana

Redação, Estadão Conteúdo

14 de abril de 2021 | 22h28

O Grêmio se despediu da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira, ao perder novamente para o Independiente del Valle-EQU, por 2 a 1, na Arena do Grêmio. O problema é que o time poderia ter liquidado a partida ainda no primeiro tempo e acabou eliminado antes de chegar à fase de grupos da competição.

Um dos líderes do elenco, o zagueiro argentino Kannemann lamentou as chances perdidas no primeiro tempo e também a oscilação do Grêmio, que caiu muito de rendimento na etapa final, principalmente após a expulsão do volante Maicon.

"No primeiro tempo tivemos três ou quatro lances claros. Se tivéssemos feito os gols, a história seria outra. Mas temos que olhar para dentro, porque fizemos um primeiro tempo muito bom e no segundo perdemos a cabeça. Temos que corrigir isso", disse Kannemann.

Eliminado na Libertadores, o Grêmio entra no Grupo H da Copa Sul-Americana e vai ter como rivais Lanus-ARG, La Equidad-COL e Aragua-VEN, que vai ser o adversário tricolor na estreia marcada para a quinta-feira da semana que vem.

Antes, no entanto, o time entra em campo duas vezes pelo Campeonato Gaúcho. Nesta sexta-feira, enfrenta o Caxias em partida atrasada da primeira rodada. No domingo o adversário será o Novo Hamburgo, pela penúltima rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.