Após eliminação, Liverpool mantém técnico Rafa Benitez

Depois de o Liverpool ser eliminado da disputa por uma vaga na próxima fase da Liga dos Campeões, mesmo depois de o time ter vencido o Debrecen por 1 a 0, em Budapeste, na última terça-feira, o clube inglês assegurou a permanência do técnico Rafa Benitez no cargo.

AE-AP, Agencia Estado

25 de novembro de 2009 | 09h15

O diretor executivo do Liverpool, Christian Purslow, apoiou Benitez e lembrou que a demissão do treinador não teria sentido, já que ele assinou há apenas quatro meses um novo contrato de cinco anos com o clube inglês. "Ele não está sob ameaça", ressaltou o dirigente.

Purslow também minimizou o impacto financeiro que a eliminação teve para o Liverpool, time que já foi cinco vezes campeão europeu. Ele lembrou que o clube já possui uma condição financeira estável para este ano e poderá ter um retorno "razoável" com a disputa da Liga Europa, condição que a equipe já assegurou ao ter garantido a terceira colocação do Grupo E da Liga dos Campeões.

O Liverpool tem sete pontos na chave, contra 12 da líder Fiorentina e 10 do vice-líder Lyon, que já assegurou sua classificação pelo fato de levar vantagem sobre o time inglês no confronto direto, primeiro critério de desempate na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.